quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Como Fera Encurralada (Classe tous risques), de Claude Sautet (1960)

Filme feito em 1960, no auge do New Wave francês, "Classe Tous Risques", que veio o Brasil com título pouco criativo de "Como Fera Encurralada", poderia ser melhor traduzido como "Cada Classe tem seu Risco". 

Sandra Milo e Jean-Paul Belmondo ainda estão vivos.

É um clássico de gangsters, dirigido por Claude Sautet, adaptado de um tema escrito por Jose Giovanni (não, ele não é brasileiro ou português e sim francês mesmo).

Como muitos outros cineastas que começaram a carreira durante esse período do cinema francês, Sautet e Giovanni, mesmo que eles não pertençam a essa corrente, se tornaram conhecidos como diretores e roteiristas de muitos filmes deste gênero, um gênero que, em alguns anos, iria atrair a atenção de alguns dos cineastas da New Wave, como Melville e Chabrol. 

O filme junta dois atores (Ventura e Belmondo na imagem abaixo), que se especializaram nos papeis de durões em filmes franceses. Lino Ventura já era, bastante conhecido na época, enquanto que Belmondo estava construindo sua carreira velozmente. No ano de 1960, seu nome apareceu nos créditos de nada menos que oito filmes. 

A presença de Ventura e Belmondo, que na tela como na realidade fizeram os papéis de mestre e discípulo, é algo que faz valer a pena assistir esse clássico depois de 60 anos da sua estreia.

O enredo deste filme é sobre o gangster Abel Davos (Lino Ventura), sentenciado à morte e é perseguido por toda a polícia da Europa, cuja esposa é morta quando eles tentam retornar à França. Ele é traído por seus velhos amigos, mas é ajudado por Eric Stark (Belmondo) um jovem gangster iniciante, para quem Davos é uma espécie de modelo moral, principalmente pelo seu respeito aos códigos morais da Máfia. A conexão entre os dois (amizade, mestre-discípulo) é o eixo do filme.

Lino Ventura, nascido em Parma, na Itália, atua maravilhosamente em um tipo de papel em que ele se especializou nesses anos. O cara durão que é sempre perseguido por todos que carregam uma arma e cujas chances de sobrevivência são mínimas. De igual desempenho está Belmondo, que dá um toque positivo ao seu personagem, com a ajuda de Sandra Milo, como a jovem atriz com quem Eric começa um relacionamento, que pode ser sua chance de não repetir o destino de Abel.

Link para o filme legendado em alta resolução:

https://1drv.ms/u/s!AsG-jsm3UF0agQXSEX7ygez1uADp?e=KTeQyt

2 comentários:

  1. Oi tudo bem?
    Você consegue postar dois filmes franceses estrelados por Gérard Depardieu:
    - "Loulou" (1980) de Maurice Pialat;e
    - "Mon oncle d'Amérique" ou "Meu Tio da América" (1980) de Alain Resnais.

    Você faz um ótimo trabalho no seu blog.
    Tá de parabéns!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Brazinterma. Agradeço os elogios. Procuro caprichar na escolha dos filmes. Filmes estes pouco conhecidos ou divulgados no Brasil. Estive há alguns dias envolvido com o canal no YouTube, que acabo deixando o blog um pouco de lado. Mas vou procurar esses filmes do Depardieu. Gosto dele. Assisti há pouco tempo a série francesa em que ele participou, Marseille.

      Excluir