terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Revolver, de Sergio Sollima (1973)


O enredo do filme é sobre um chefe de prisão (Oliver Reed, que constantemente aparecia 'alto' devido à bebida) e um criminoso (Fabio Testi) que é um prisioneiro em uma penitenciária estadual. Oliver e Fabio na imagem ao lado. Quando a esposa do chefe da prisão (Agostina Belli) é sequestrada, os sequestradores exigem que um companheiro deles seja libertado, para que eles soltem a esposa. Não vou contar mais, pois seriam spoilers.

O filme contém muita emoção, ações barulhentas, batidas de carros, perseguições e reviravoltas. Alguns atores disseram que fizeram eles mesmos as cenas de perigo. Fabio Testi confirma que fez várias cenas assim e uma delas foi a de um difícil salto de um telhado em Milão, que o dublê foi incapaz de fazer.  Fabio Testi também comentou que era ao mesmo tempo interessante e complicado trabalhar com Oliver Reed por causa do seu alcoolismo.  Oliver, às vezes, se tornava violento no set. 

E por final, não posso deixar de mencionar a trilha sonora do mestre Ennio Morricone, incluindo a canção 'Un Ami", escrita por Morricone e cantada por Daniel Beretta.

Filme dirigido por Sergio Sollima, que ele próprio coreografou as cenas de luta. Porque ele queria que cada personagem tivesse um estilo de lutar, de acordo com a personalidade.

Sollima disse em entrevistas de que ele sempre era fã dos vilões, porque, às vezes, os mocinhos se atrapalham mais no fim do que os vilões. Sollima mostra isso no filme.

Filme com áudio em italiano e apenas legendas em Inglês. Não encontrei em PT-BR.

Agora não estou mais hospedando no YouTube, então toda a contribuição é aceita. Veja no canto superior direito como contribuir.

Segue o link para ver o filme:


Nenhum comentário:

Postar um comentário