sábado, 14 de agosto de 2021

It started with Eve (Um Raio de Sol), de Henry Koster (1941)

Em 1941, um homem idoso, rico e que viveu uma vida de muitos prazeres, agora está morrendo. Seu filho volta às pressas do México para o que parece ser a última visita ao velho pai.  O pai, vivido por Charles Laughton, quer o bem do filho (Robert Cummings) e pergunta sobre sua futura noiva. Ele quer vê-la antes de morrer. 

Imediatamente. Só resta ao filho sair correndo e buscar a noiva. No hotel, onde ela está com a mãe, Robert não consegue encontrá-la, apesar de todos os seus esforços. Desconsolado e querendo satisfazer o último desejo do pai,  antes que acabe morrendo, ele recorre a uma moça que cuida dos agasalhos no hotel e que está deixando o trabalho para ir para casa.  Ela é Deanna Durbin.

Ela topa e o velho senhor acaba gostando de Deanna. E milagrosamente começa a ficar bem de saúde. Era apenas um mal passageiro.

A confusão é gerada porque Robert não consegue se desvencilhar da sua escolha e trocar com sua verdadeira noiva.

Charles Laughton, como sempre, rouba as cenas em que participa. Um dos melhores atores de todos os tempos, indo de um insuportável Capitão Bligh em “Motim no Bounty” a um brincalhão e emotivo, como esse Jonathan Reynolds desta comédia.

Quem também brilha é Deanna Durbin, com seu belo talento musical e pena que ela acabou desistindo da carreira de atriz alguns anos depois. Uma das grandes cenas entre Deanna e Charles Laughton é aquela em que ele vai pedir a ela que saia com ela, pois ela não pode comparecer a uma festa dada pelo próprio Charles (Jonathan).

Robert Cummings é mais conhecido por papeis em comédias, onde ele se mostra mais à vontade. Enquanto fazia este filme na Universal, ela também estava no drama ‘Em  Cada Coração um Pecado’ (1942) na  Warner Bros. Ele saia de um estúdio e entrava em outro.

Na cena de abertura do filme, um editor de jornal comenta que se Jonathan Reynolds (Charles Laughton) tivesse vivido dois séculos antes, ele teria sido um grande pirata, o próprio Capitão Kidd. Curiosamente, três anos depois, Charles Laughton iria fazer o papel do Capitão Kidd no filme título de 1945 e novamente em "Piratas da Perna de Pau" (1952).

Embora Charles Laughton fizesse o pai de Robert Cummings no filme, ele estava com 41, 42 anos de idade na época. Apenas 10, 11 mais novo que Cummings.

Quando Robert Cummings dá a Deanna Durbin 50 dólares a ela por fingir ser sua noiva, equivaleria em 2021  cerca de $850.

Não consegui publicar esse filme no meu canal no YouTube, então segue o link abaixo:

https://1drv.ms/v/s!AsG-jsm3UF0akHATSzz313Bn62BB?e=A20qQi

4 comentários:

  1. Boa noite, poderia informar como acessar seu canal no YouTube? O que devo digitar? Grato.E

    ResponderExcluir
  2. Olá! No YouTube, vá na barra de pesquisas (lupa) e digite Revista CineTV+
    Vc vai encontrar o meu canal.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, encontrado.Grato.Formidável CLaughton também briga pelos charutos... em Testemunha de acusação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem lembrado. Acho que ele gostou da 'gag' e levou para o filme posterior. Elsa Lanchester passou a ser o alvo dele.

      Excluir