quinta-feira, 4 de novembro de 2021

To Live and Die in L.A. (Viver e Morrer em Los Angeles), de William Friedkin (1985)

Mais um filme do diretor William Friedkin. Com a devida permissão de copyright para o blog e para o meu canal no YouTube.

Um intrépido agente do Serviço Secreto (William Petersen) não vai parar por nada até acabar com o falsificador que matou seu parceiro.

William Dafoe faz o vilão neste filme. Participações de Dean Stockwell e John Turturro.

Gary Sinise chegou a fazer testes para o papel de Petersen. Quando não deu certo, ele indicou William Petersen para William Friedkin. Depois, Sinise e Petersen iriam se tornar parte da série de TV CSI.

William Friedkin, em suas memórias "The Friedkin Connection", diz que o dinheiro falso foi tão bem feito que depois alguns acabaram entrando em circulação. Ele chegou a admitir que chegou a colocar notas de vinte no bolso e gastar em restaurantes.

 A corrida de carro não constava do livro original no qual o script se baseou, mas o diretor queria superar o que ele tinha feito em "Operação França" de 1971. Levou seis semanas no curso de três fins de semana, custando mais $1 milhão de dólares sobre o orçamento original. A rodovia foi fechada por quatro horas em cada vez.

A legenda é em português de Portugal, então alguns termos parecerão estranhos. Acho que tentei substituir a palavra reforma que significa aposentadoria para nós do Brasil. Dei um ajuste na sincronização, espero que esteja boa até o final.  

Veja o filme neste link: https://youtu.be/spBkgGwCK4A

Nenhum comentário:

Postar um comentário