quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

A Idade da Reflexão (Age of Consent), 1969, de Michael Powell


Tentei postar esse filme no meu canal no YouTube, mas não consegui por motivos óbvios. Foi um filme, que devo ter visto na adolescência e achei interessante e sempre quis rever. Mas não deve, na época, ter todas as cenas de nudez de Helen Mirren, com seus vinte e poucos aninhos.

O filme parece despretensioso, mas foi uma surpresa agradável. Não é dos melhores filmes do diretor Michael Powell. Foi uma incursão de Powell e James Mason na produção.

James Mason interpreta um pintor que já está cheio de viver na cidade, fugindo para uma ilha na Austrália (na Grande Barreira de Corais) em Queensland, onde ele pode relaxar e pintar. 

Lá ele encontra uma garota de 17 anos (Mirren em seu primeiro e corajoso papel), que sonha em se mudar para a cidade grande e para isso junta seus trocados com vendas de peixes e frutos do mar. 

Mason fica encantando com sua beleza e oferece alguns dólares, se ela posar para ele, frequentemente nua. O interesse de Mason é puramente artístico e como é o filme todo, na verdade. O enredo não é nada complicado , mas não é nada incomum entre os filmes de Powell.

No elenco, digno de nota, são as presenças de Jack MacGowran como Nat Kelly e de Frank Thring como Godfrey. Thring era um ótimo ator e ficou famoso como Pôncio Pilatos em "Ben Hur".

Filme é baseado na vida de Norman Lindsay. E Helen Mirrem tinha 24 anos quando o filme estreou.

A melodia da trilha sonora, de Peter Sculthorpe, se encaixou bem no filme.

Bem, finalmente James Mason consegue a sua Lolita.

Para ver o filme legendado, clique no link abaixo:

https://1drv.ms/u/s!AsG-jsm3UF0agR_-PAfeeQhCmJFv?e=vzUShn

Nenhum comentário:

Postar um comentário