domingo, 1 de março de 2020

Havaí - Filme de 1966 baseado em livro de James Michener.

Filme baseado em livro de James Michener e roteiro de Dalton Trumbo.

Um missionário americano e sua esposa viajam para um ilha exótica do Havaí, com a intenção de converter os nativos. Mas o conflito entre as duas culturas é muito grande e, em vez de haver um entendimento, ocorre a tragédia.

Filme digirido por George Roy Hill, com Julie Andrews, Max von Sydow, Richard Harris e Gene Hackman.

Foi o filme de maior bilheteria de 1966.
Indicado a 7 Oscar, mas não ganhou nenhum. Apenas ganhou um Globo de Ouro, para Melhor Atriz Coadjuvante para Jocelyne LaGarde, que fez a personagem Malama.

Quando assisti este filme pela primeira vez, fiquei aborrecido com o personagem feito por von Sydow e não me conformava por que Julie Andrews não abandonava o missionário radical pelo capitão. Depois, quem diria, eu viria a ser um grande fã de Sydow. E também fiquei bastante impressionado pela atuação de Malama, feita por Jocelyne e não foi à toa que ela ganhou o Globo de Ouro e indicada ao Oscar. 
Jocelyne e Julie Andrews
Jocelyne é a única indicada na história da Academia por seu único papel no cinema. Ela nunca havia atuado antes e nunca mais atuou na sua vida.

Este filme marca o primeiro filme da carreira de Bette Midler. Ela pode ser vista na multidão como uma passageira que está enjoada no navio e ouvindo o Reverendo Abner Hale (Sydow). Ela foi contratada também para um papel com fala e foi para Los Angeles, para filmar as cenas no estúdio. As cenas dela acabaram cortadas do filme na edição. Contudo, Bette usou o dinheiro para se mudar para Nova York, onde sua carreira deslanchou.

O papel fictício de Malama no livro de James Michener e também no filme, foi baseado na Rainha Ka’ahumanu, a verdadeira chefe dos Mauis na época da chegada dos missionários nas ilhas. Foi ela quem deu a boas vindas aos missionários, aprovou as leis contra os marinheiros e se converteu ao Cristianismo um pouco antes de sua morte, do mesmo como faz Malama neste filme.

Richard Harris, Julie Andrews e Max von Sydow
Os filhos verdadeiros de Max von Sydow, Henrik e Clas, ambos fizeram o papel do filho do reverendo, Micah, em diferentes idades durante o filme. Henrik fez Micah aos sete anos e Clas fez o Micah aos doze anos.

Fred Zinnemann seria o diretor inicialmente, assim como Audrey Hepburn e Sir Alec Guiness para estrelarem os principais papeis. Infelizmente, conflitos do produtor Walter Mirisch e o roteirista Dalton Trumbo, assim como vários dias de atraso por causa do tempo, forçaram ele a deixar o projeto antes das filmagens começarem. George Roy Hill foi contratado para substitui-lo.
Na verdade, Fred queria levar Daniel Taradash, com quem teve uma ótima parceria com o filme “A um passo da eternidade”, para escrever o roteiro, mas ele não conseguiu condensar o livro de Michener (livro tem um pouco mais de mil páginas). Fred queria fazer um filme de 4 horas, dividido em duas partes. Trumbo veio depois, para escrever o roteiro.

Ofereceram o papel do Capitão Rafer Hoxworth (feito por Richard Harris) e também o do missionário para Charlton Heston. A despeito de ter rejeitado os dois papeis, Heston iria aparecer na continuação deste filme, “O Senhor das Ilhas” (The Hawaiians) dali a 4 anos, com o papel de Whip Hoxworth, o filho do personagem de Richard Harris.

Quando Richard Harris foi apresentado para Gene Hackman no início das filmagens do filme de 1992 de Clint Eastwood, “Os Imperdoáveis”, Harris o cumprimentou como se fosse a primeira vez que tinham se visto. Hackman explicou que eles já tinha se encontrado antes, mas Harris dizia que não, que ele teria lembrado. Hackman então disse a ele que eles tinham se conhecido pela primeira vez no set de “Havaí” vinte e seis anos antes.

Tanto este filme como a continuação têm belíssimas trilhas sonoras. A deste feita por Elmer Bernstein e da continuação feita por Henry Mancini.

Veja trailer:

E abaixo o link para o filme:
https://odobagg-my.sharepoint.com/:v:/g/personal/moegtufwc_od_obagg_com/EdrIJlSloJ9DhyvUXm6LBPYB1YLW8Cj3PP3abH-NC0J3vQ?e=gHffGh

Nenhum comentário:

Postar um comentário