domingo, 16 de maio de 2021

As Mil e Uma Noites (Arabian Nights), 1942

A dançarina Scherazade (Maria Montez) fica sabendo pela astrologia de que ela vai se tornar esposa de um califa de Bagdá.

Ela conta a Kamar (Leif Erickson), irmão do califa Haroun (Jon Hall). Ele planejava um golpe de estado, que falhou a princípio, mas depois de apoiado pelo vizir, ele finalmente tem sucesso. Haroun se machuca e obtém ajuda de uma trupe de artistas, onde é cuidado por Sherazade (ou Scheherazade), que não o reconhece.  Quando ela fica sabendo que Kamar está procurando por ela, ela vai até ele, mas é vendida com toda a trupe como escravos. Eles conseguem escapar, mas Haroun ainda está em perigo. Para salvá-lo, Sherazade concorda em envenenar Kamar, mas Haroun tenta primeiro estabelecer seu domínio.

Filme de 1942, no auge da Segunda Grande Guerra e feito para ser um escapismo aos momentos de angústia pelo conflito.

Dirigido por John Rawlins. Com John Hall, Maria Montez, Leif Erickson, Sabu (como Ali Ben Ali), John Qualen como Aladdin, Shemp Howard (nosso adorado Shemp dos Três Patetas e irmão de Moe) como Sinbad e Acquanetta como Ishya. 

Os créditos iniciais e finais do filme foram feitos por Mary Blair (1911-1978), uma artista mais conhecida pelas suas contribuições para o Estúdio Walt Disney dos anos 40 aos 60.

Maria Montez é o destaque do filme com sua beleza exótica. Apelidada de Ciclone Caribenho, tinha o nome completo de Maria Africa Antonio Gracia Vidal de Santo Silas. Mudou o nome para Maria Montez porque seu pai era fã da dançarina Lola Montez.

O Aeroporto Internacional de Barahona, República Dominicana, onde ela nasceu, tem o nome de Aeroporto Internacional Maria Montez em sua homenagem. Ela foi a segunda de dez filhos, seu pai sendo um exportador de tecidos e Vice-Cônsul Honorário da Espanha na República Dominicana.

Ela era uma das atrizes mais bem pagas da Universal durante os anos 40. Ela ganhava $150 dólares por semana para fazer “Arabian Nights”. Isso em moeda atualizada de 2021, equivale a apenas US$2,500.00 por semana.

Ela faleceu jovem aos 39 anos, com a mesma idade que seu companheiro de cena neste filme, Sabu.

Este filme também tem a presença da atriz Acquanetta, que faz o papel de Ishya, um nome bem pitoresco para Mildred Davenport, nascida no Wyoming em 1921. Ela também tinha um apelido. O Vulcão Venezuelano. Embora ela fosse americana e de descendência dos índios Arapahos. Sua mãe era uma índia Arapaho e seu pai um homem branco. Ela dizia que o avô do seu pai era um filho ilegítimo do Rei da Inglaterra.

Sua carreira no cinema foi tema de uma ópera de um ato, Acquanetta, que estreou em 2018 em Nova York.

Abaixo link para o filme legendado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário