sábado, 14 de março de 2020

Trapézio - 1956 - Com Burt Lancaster, Tony Curtis e Gina Lollobrigida

Filme de 1956 dirigido por Carol Reed com Burt Lancaster, Tony Curtis e Gina Lollobrigida.

Baseado em livro de Max Catto.

Conta a estória de Mike Ribble (Burt Lancaster), que foi uma vez um grande artista do trapézio - e o único que completou o salto triplo - antes de seu acidente. Tino Orsini ( Tony Curtis) chega ao circo e consegue convencer Mike para ensinar a ele o triplo. Enquanto isso, Lola (Gina Lollobrigida), uma malabarista, quer também quer se juntar à façanha.

Burt Lancaster tinha 41 anos na época e fez todos os saltos de trapézio, menos um, pois ele já havia trabalhando em um circo antes de ser ator. Ele insistiu em fazer o salto triplo, mas o consultor técnico, Eddie Ward, inicialmente estava hesitante em liberar Lancaster para as cenas. Assim, Eddie fez o dublê para Lancaster durantes as primeiras semanas de filmagem. O diretor Carol Reed acabou contratando o amigo de Lancaster de longa data, Nick Cravat para fazer as cenas de dublê.
O roteiro retirou uma possível inclinação homossexual do livro: Orsini é executado por assassinar uma mulher que o deixou por Ribble, mas o verdadeiro assassino prova ser Ribble que queria Orsini.
Sally Marlowe foi escalada para fazer o dublê nas cenas de ação de Lollobrigida, até o momento em que Marlowe quebou o nariz no set. Willy Krause, um amigo pessoal de Burt Lancaster, foi convidado para fazer as cenas de Lollobrigida. Ele aceitou a oferta.

Foi o filme de melhor bilheteria de 1956.

Veja abaixo link para ver o filme em alta resolução:
https://odobagg-my.sharepoint.com/:v:/g/personal/moegtufwc_od_obagg_com/EQD6hU-jjKpOpIz17SgE1FcBVJCB82GolS8yK0pzsDqnWA?e=BhErsN

Nenhum comentário:

Postar um comentário