sábado, 10 de dezembro de 2016

Por dentro da Festa de Aniversário de 100 anos de Kirk Douglas


Kirk Douglas sabe como fazer uma grande entrada. Com luvas de boxe e o tema musical de "Rock, O Lutador", nos auto-falantes, uma das últimas lendas vivas de Hollywood caminhou na Sunset Room do Beverly Hills Hotel na tarde de ontem, para comemorar seu 100º aniversário em um reunião com amigos e família.

Ao lado de Anne Douglas, sua esposa há 62 anos, seu filho Michael Douglas, sua nora, Catherine Zeta-Jones e netos, Kirk Douglas encarou com sorriso seu público de cerca de 150 pessoas, incluindo, Don Rickles, Jeffrey Katzenberg e muitos outros amigos próximos. 

Ele contou que seu médico havia lhe prometido anos atrás, que se ele chegasse aos 100, ele iria ganhar um copo de vodka. Ela acabou ganhando vodka em um copo comicamente grande de martini.

Depois ele foi se sentar e ouvir palavras de todos, enquanto imagens de muitos de seus filmes passavam, como Spartacus, Sede de Viver, Glória Feita de Sangue, dentre outros.

Michael Douglas deu início à celebração, dizendo que não era um questão apenas da idade, mas sobre a vida que ele viveu e o que ele realizou. "Uma das coisas que eu acho mais incrível a respeito do meu pai, é o terceiro ato de sua vida," disse Michael. "Depois de tudo que ele já conseguiu na vida profissional, o que ele já deu a esse país, ao ponto em sua vida quando encarou adversidades, perdendo um filho, sobrevivendo a um desastre de helicóptero, tendo um derrame e o que ele conseguiu fazer neste terceiro ato de sua vida, eu acho realmente extraordinário."

Kirk, fez observações rápidas. "Gostaria de saber de quem ele estava falando", Ele disse boas coisas sobre alguém que não conheço, " Kirk disse, brincando que Michael Douglas foi escolhido para organizar a festa porque "ele é que tem mais dinheiro."

Kirk Douglas também agradeceu a todos por virem e ficou admirado de ver a maior parte de sua família no evento. Zeta-Jones então acendeu as 12 velas do bolo. "Ainda bem que não são 100 velas", disse ela, antes de iniciar o coro para cantar "Feliz Aniversário", com um acompanhamento de quarteto de cordas.

Era apenas o início da tarde, que incluiu falas de alguns de seus sete netos, seu rabino e seu médico. A empresa organizadora do evento colocou em cada mesa não números, mas os nomes dos filmes de Douglas. Ele estava sentado na mesa do filme "Sua Última Façanha", que é seu filme favorito.

O ator e comediante Don Rickles suavizou a formalidade da festa, falando para os presentes que ele queria ir para casa. Ele brincou com o físico e a bom aparência de Kirk, dizendo que ele tinha que ouvir a droga da fala "Eu sou Spartacus" (frase dita por Spartacus e seus soldados quase ao final do filme) todos os dias e como Burt Lancaster costumava avisar a ele que Kirk Douglas "não sabe do que ele está falando."

Rickles ficou um pouco emocionado no final. "Você é um homem fantástico, porque foi abençoado com o calor humano, o carinho e classe, e ...ah, esqueça isso, você é tudo isso e mais." Disse ainda, "Que Deus possa lhe dar forças de estar conosco por mais 100 anos. Se este é seu desejo, que seja, se não, eu sei que no céu você estará lá firme."

Por um outro lado, a atriz e dançarina Neile Adams, que foi a primeira esposa de Steve McQueen, relembrou o lado malandro de Douglas. "Kirk era terrível quando era jovem" Você não podia sentar ao lado dele que ele já colocavas as mãos na perna da gente. Quando Steve saía da sala, de repente, ele já estava em cima de mim," disse com um sorriso. "Mas ele era adorável."

Ela lembrou da resistência dele, quando alguns anos atrás, ele teve que trocar os dois joelhos. Michael Douglas, ela disse, tentou encorajá-lo para fazer só um e ficar na cadeira de rodas. Kirk, por sua vez, teve uma ideia diferente e não envolvia uma cadeira de rodas. "Você não verá Spartacus em uma cadeira de rodas!", lembrou de ouvir ele dizer.

Mais adiante na festa, Katzenberg falou sobre a generosidade dos Douglas, que são famosos pelas ofertas de caridade.  "Você permanece e sempre será meu herói," disse Katzenberg. " Eu vou lembrá-lo das palavras que me disse: você não aprendeu a viver enquanto não tenha aprendido a dar ao próximo."

Steven Spielberg, que chegou tarde e de muletas, por ter quebrado o pé em set de filmagem, disse uma mensagem específica e que pode ser vista no vídeo abaixo. Em síntese, é o que ele disse:
"Eu queria vir aqui e dizer que já fiz vários filmes e séries de TV por cerca de 47 anos e já trabalhei com grandes atores e você é o único astro de cinema que já encontrei. Há algo que você tem que nenhum outro já teve... Quando você vê o desempenho de Kirk em qualquer filme que ele tenha feito, você não consegue tirar os olhos dele."

Ele chamou isso de ferocidade otimista  e é algo que ele desafia em todos os atores, para que consigam em todos os filmes que dirige. "Você é um fazedor de milagres," disse Steven finalizando.

No vídeo, Steven fala ao microfone e da esquerda para a direita temos Zeta-Jones, Michael Douglas, Kirk e Anne.



Fonte: THR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.