domingo, 24 de maio de 2020

Sacco & Vanzetti, de Giuliano Montaldo (1971)

Filme dirigido por Giuliano Montaldo, ainda vivo com 90 anos, que também é co-roteirista. Em 1973 fez com Gian Maria Volontè , 'Giordano Bruno'. No começo da década de 80, Montaldo fez a célebre minissérie 'Marco Polo'.

Sacco & Vanzetti narra a história de dois arnaquistas italianos, em 1920, os imigrantes nos Estados Unidos  Nicola Sacco (Riccardo Cucciolla) e Bartolomeo Vanzetti (Gian Maria Volontè) que são sentenciados à morte, falsamente acusados de roubo e assassinato. Na verdade, eles foram condenados por suas crenças políticas, em um dos mais vergonhosos e hipócritas julgamentos da história humana.


Riccardo Cucciolla e Gian-Maria Volontè
Giuliano Montaldo declarou, em uma entrevista recente, que a primeira cena do monólogo de Gian Maria Volontè foi cortada, embora estivesse perfeita. É que um dos atores figurantes na cena começou a chorar pela cena tocante feita por Gian Maria.

O produtor Dino De Laurentiis tentou criar uma versão no começo da década de 60 com o diretor Richard Fleischer, depois que eles trabalharam juntos em "Barrabás" (1961). O projeto acabou não se materializando e Fleischer processou De Laurentiis pela perda de rendimentos.  Eles iriam esquecer essa rusga e Fleischer iria fazer novos filmes com De Laurentiis, entre eles, "Amityville 3: O Demônio" (1983) e "Guerreiros de Fogo" (1985).

Parte dos produtores, que eram franceses, queriam desesperadamente que Yves Montand fizesse o papel de Ricardo Sacco, de acordo com o diretor Giuliano Montaldo.

Trilha sonora feita por Ennio Morricone. Duas canções foram co-escritas e interpretadas por Joan Baez.

Filme indicado ao Cannes. Ricardo Cucciolla ganhou por Melhor ator.

Link do filme completo legendado em alta resolução abaixo:
https://odobagg-my.sharepoint.com/:v:/g/personal/moegtufwc_od_obagg_com/EQtX0Wd12fxGm7li1Ldz7PgBcl3_GW5e_IY7vHyU6lHftg?e=vCCGu1

Nenhum comentário:

Postar um comentário