sábado, 3 de junho de 2017

Tudo sobre a série "The Deuce" com Maggie Gyllenhaal e James Franco em breve na HBO

Maggie Gyllenhaal à esquerda
A nova série dramática da HBO, "The Deuce" dos mesmos produtores das séries "The Wire" e "Treme", George Pelecanos e David Simon, transporta os espectadores para Times Square em Nova York, de volta à glória do início dos anos 70.

A série, protagonizada pelos atores Maggie Gyllenhaal e James Franco, focaliza um grupo de prostitutas, cafetões, atendentes de bar, policiais e outros transgressores tentando ganhar a vida nas ruas lotadas de lixo de Nova York. "Deuce" mais profundamente explora o crescimento da moderna indústria pornográfica (embora o primeiro episódio não lide com o negócio de filmes de sexo explícito), A primeira exibição do piloto da série foi feita em evento no Festival Split Screens, que vai até 8 de Junho no IFC Center.

Abaixo tudo que a revista Variety (fonte deste post) pôde apurar da exibição e perguntas para Gyllhenhaal e a diretora Michelle MacLaren, moderadas pelo diretor de programação do festival, Matt Zoller Seitz.

1. A prostituição é muito parecida com atuar. Gylllenhaal faz uma prostituta de rua chamada Candy, que veste uma peruca loura encaracolada, quando trabalha. Fora desse trabalho, ela é uma mulher de cabelos castanhos chamada Eileen e quem tem um garoto. "Todo o sexo que você vê ela fazer - é um desempenho," disse Gy (para abreviar). Esse fato é levado para casa em uma cena no fim do episódio, no qual Eileen explora seu desejo mais profundo." De repente, há um alívio depois de toda aquela performance," disse ela.

2. A diretora MacLaren é conhecida pelo seu trabalho em "Breaking Bad", "Game of Thrones" e "Westworld." "Deuce" tem algo em comum com essas séries, mesmo que seja estilisticamente bem diferente. "Eu acho muito interessante, quando os personagens parecem ser uma coisa na superfície e o que descobrimos quando elas são dentro de si," disse ela.

3.Gy fez o seu trabalho de casa. Uma das especialistas sexuais que ela consultou, quando pesquisava sobre o trabalho, era um ex-prostituta e atriz pornô, Annie Sprinkle. "Ela ajudou com dicas muito simples," disse Gy. "Com quantas pessoas você transava por noite, o que você fazia se estava muito frio." Gy também foi ver uma filmagem de filme pornô em Los Angeles, tendo sido convidada por um ex-ator de filmes adultos, que estava ajudando nos trabalhos da filmagem. "Eu peguei algumas informações de bastidores lá," disse ela, dizendo que a filmagem dos filmes pornôs é mais lenta do que parece."

4. A lista de filmes requeridos, para serem vistos como parte do trabalho, incluíam clássicos dos anos 70 e ambientados em Nova York: "Caminhos Perigosos", "Taxi Driver", ambos com Harvey Keitel e Robert De Niro, "Shaft", "Os Viciados" com Al Pacino e "Operação França", com Gene Hackman. 
"E depois havia os filmes pornôs. "Eu achava que já tinha visto filmes pornôs. Mas os pornôs dos anos 70 eram melhores," disse Gy. MacLaren acrescentou a perspectiva de diretora às observações de Gy. Não há muito fantasia e enredo acontecendo nos filmes de hoje - apenas as ações explícitas dos atores," disse MacLaren. "Eles não tentam tornar melhor do que parece."

5. Gy é uma produtora de "Deuce", um cargo que ela exigiu não por vaidade, mas como uma segurança. "Eu queria alguma espécie de garantia de que eles queriam não apenas a parte física, mas também a parte psicológica," disse ela. Ela sabia da reputação dos criadores Simon e Pelecanos, que conseguiram em suas séries na HBO, mas ela não conheciam nenhum dos dois antes de "Deuce". Nós não nos conhecíamos: o risco era grande." disse ela. "Eu quero ser uma produtora. Eu quero ser parte da criação das estórias e tudo o que acontece com essa mulher."

6. A sua exigência valeu a pena. Ela elogia Pelecanos e Simon por conseguirem ter com eles uma relação de muita confiança e respeito." Ela até os convenceu em algumas discordâncias sobre detalhes do seu personagem.

7. A maior parte das sequências em Times Square foram, na verdade, filmadas em um bairro de dois quarteirões em Washington Heights perto da 164th Street e Amsterdam Avenue. Os produtores conseguiram decorar esses quarteirões com a imagem de Nova York dos anos 70 e tiveram a liberdade de usar tecnologia de efeitos especiais para tirar das cenas os traços dos dias atuais. Filmar uma série no passado em Times Square hoje seria quase impossível, disse MacLaren. "Você não pode dizer para 10 milhões de pessoas: Poderiam sair do caminho e levar os carros com vocês?", disse ela.

8. Uma cena, envolvendo um personagem que é um estudante da Universidade de Nova York (NYU), foi filmada em parte na 14th Street - até que o controlador de trânsito da cidade, que estava designado para o filme, teve uma emergência de família e não conseguiria chegar até o local da filmagem. Sem a habilidade para controlar os carros entrando e saindo da filmagem, as cenas tiveram que ser filmadas em dois locais diferentes. "Vocês vão perceber que há árvores em um parte da cena e não na outra," disse MacLaren. Quando o público na exibição disse que não percebeu isso, MacLaren ficou aliviada. "Faz parte da magia do cinema," disse ela.

9. Gyllenhaal leu os roteiros para os primeiros três episódios, antes de aceitar fazer o personagem. Ela notou uma mudança definitiva no ritmo da série, quando eles chegaram ao episódio 4. "Então, eu senti que eles estavam escrevendo para mim, respondendo ao que eu estava fazendo," ela disse. "Realmente, houve uma mudança após o episódio quatro, quando o roteiro começou do zero comigo."

10. "Deuce" está cheio de atores da série "Wire", incluindo Gbenga Akinnagbe, Lawrence Gilliard Jr., Chris Bauer, Anwan Glover e Michael Kostroff.

A série deve estrear nos EUA em Setembro, pela HBO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.