domingo, 3 de julho de 2016

Lawrence depois da Arábia - Filme para baixar


Thomas E. Lawrence, um dos maiores heróis do século 20, foi  dramatizado em um outro
filme “Um Homem Perigoso: Lawrence depois da Arábia. Filme pouco conhecido e raríssimo em buscas pela Internet.
O subtítulo intencionalmente lembra o filme de David Lean, mas esse filme de 1992  é uma espécie de continuação daquele. 
A maior parte do filme passa na época após o final da 1ª Guerra Mundial e a discussão sobre o Armistício. Em Paris, o emir Faiçal, príncipe dos hashemitas, junto com Lawrence tentam obter a independência dos árabes,  prometida anteriormente, através de uma carta, pelo governo britânico.
Depois que a grande guerra havia terminado, os vitoriosos mudavam as coisas pelo interesse próprio. Os britânicos queriam o controle do Golfo Pérsico; os franceses insistiam que queriam a Síria. No âmago dos interesses, é claro, havia o abundante petróleo da região.
Há grandes interpretações dos principais líderes das potências, mas a tensão central do filme reside no sempre misterioso Lawrence, às vezes tímido e reservado, às vezes perspicaz e decidido e inegavelmente brilhante. A longa debatida questão de sua orientação sexual é finalmente definida, mas a presunção aqui é que ele era ou homossexual ou era assexual. Em uma cena, ele explicitamente rejeita os avanços de uma mulher, explicando que “Não posso lhe atender, madame, como deseja.”
Lawrence é interpretado pelo conhecido Ralph Fiennes e Faiçal por Siddig el Fadil (Star Trek Deep Space Nine). Fadil nasceu no Sudão. Também se destacam Polly Walker  (Roma) como Gertrude Bell e um papel de um militar por Jim Carter ( o chefe dos mordomos em Downton Abbey).
O original Lawrence da Arábia (1962) é um dos filmes favoritos de Steven Spielberg.  Depois de ver Ralph Fiennes nesse filme, Spielberg o convidou par atuar no filme  A Lista de Schindler (1993). Filme no qual Ralph arrasou.
As legendas em português foram extraídas do site OpenSubtitles.org, as quais tive que corrigir vários problemas de acentuação. Em retribuição a esse site de legendas, vou adicionar lá as legendas corrigidas.

Esse filme  não é facilmente encontrado na Internet, nem tampouco no Netflix.
Trailer do filme 
Estou anexando abaixo o link do filme para ser baixado. Peço que todos se inscrevam nesse blog, se forem baixar o filme e enviem comentários.

Fonte: New York Times (1992)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.